Política

 Enviar matéria por e-mail

Veja quem vai ajudar Agnelo a mudar o DF

Governador buscou alternativas para escolher secretários com perfil técnico e nomeou aliados, bem como indicados

Tamanho da Fonte     SUZANO ALMEIDA
salmeida@jornaldacomunidade.com.br
 Redação Jornal Coletivo

Após árdua negociação, que não se restringiu à condição técnica dos escolhidos, Agnelo Queiroz começa a governar com uma equipe teoricamente preparada, já que a missão de reerguer a cidade vai além de um bom time. Em meio a indicações do próprio PT, que disputou cada espaço, do PMDB, do vice Tadeu Filippelli, e da exclusão de partidos nanicos do primeiro escalão do GDF, ele acabou por criar 11 secretarias a mais do que as deixadas por Rogério Rosso (PMDB), chegando a 31 e pretende trazer de volta a normalidade à cidade.


Agnelo prezou por acomodar nas principais secretarias petistas e peemedebistas – parte de maior significância na aliança que formou a coligação Um Novo Caminho durante as eleições – e dar aos partidos com representação na Câmara Legislativa destaque na escolha dos cargos restantes.


Com a nova configuração do Executivo local, Agnelo pretende dar mobilidade à cidade, o mais complicado será cumprir a promessa de enxugar a máquina, diminuindo o número de cargos comissionados, que está na casa dos 18 mil, e que, com tantas secretarias não será difícil abrigar apadrinhados. Com secretarias de sobra, o novo governador não só terá muitos tentáculos, mas uma equipe maior para problemas gigantes.

 

 

Confira a lista

Casa Civil do Distrito Federal – Jacques Pena, ex-presidente da Fundação Banco do Brasil, coordenou a campanha da presidente Dilma Rousseff em Brasília. É ex-presidente do Sindicato dos Bancários do DF e ex-administrador regional de Samambaia durante o governo Cristovam.
Secretaria de Saúde – Rafael Barbosa, estava na direção da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), onde já trabalhou com Agnelo.
Secretaria da Criança – Dioclécio Campos Júnior, formado em Pediatria e ex-presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria.
Secretaria da Juventude – Fernando Nascimento Silva Neto, formado em Ciência Política e Direito, é membro da Comissão de Assuntos Acadêmicos da seccional do DF da Ordem dos Advogados do Brasil.
Secretaria da Mulher – Olgamir Amância Ferreira, professora da Universidade de Brasília, doutora em Educação na área de políticas públicas, é a atual secretária de Mulheres do PCdoB.
Secretaria do Trabalho – Glauco Rojas, publicitário, foi chefe de gabinete da liderança do PDT na Câmara dos Deputados (do deputado Brizola Neto), integra a Juventude do PDT e já foi lotado no Ministério do Trabalho.
Secretaria de Micro e Pequena Empresa e Economia Solidária – Dirsomar Ferreira Chaves é formado em Filosofia, coordenava o escritório de representação da Eletronuclear no DF e é presidente da Associação Comunitária de Vicente Pires.
Secretaria de Desenvolvimento Econômico – José Moacir de Sousa Vieira, empresário de Ceilândia, dono da rede de lojas de material de construção Maranata.
Secretaria de Obras – Luiz Carlos Pitiman (PMDB) foi presidente da Novacap e eleito como deputado federal em 2010.
Secretaria de Agricultura – Lúcio Taveira Valadão – Engenheiro agrônomo formado pela Universidade de Brasília, mestre em irrigação e drenagem pela Universidade Estadual Paulista.
Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania – Alírio Neto (PPS) foi eleito para o seu terceiro mandato na Câmara Legislativa. É formado em Direito, e delegado da Polícia Civil do DF.
Secretaria de Ciência e Tecnologia – Gastão Ramos (PSB) foi candidato em 2006, ainda pelo PV, a vice-governador na chapa encabeçada por Arlete Sampaio (PT).
Secretaria de Transportes – José Valter Vasquez foi diretor da Companhia Energética de Brasília, é o atual presidente da Companhia Elétrica do Estado do Goiás e foi indicado pelo vice-governador Tadeu Filippelli.
Secretaria da Ordem Pública e Social – Agrício da Silva, tenente-
coronel da PM-DF, atual comandante do 21º Batalhão (São Sebastião), tem experiência operacional, com formação na área de operações especiais, gerenciamento de crise e negociação de conflitos.
Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação – Geraldo Magela (PT) foi reeleito para seu segundo mandato na Câmara dos Deputados. Foi candidato ao governo em 2002.
Secretaria de Administração – Denílson Bento da Costa, formado em História, professor do DF, secretário-geral da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).
Secretaria de Cultura – Hamilton Pereira é ex-secretário de Cultura do DF (governo Cristovam) e membro da Diretoria da Fundação Perseu Abramo.
Secretaria Especial de Assuntos Estratégicos – Newton Lins, advogado, engenheiro florestal e atual presidente do PSL no DF, disputou o governo contra Agnelo no 1º turno, declarando apoio a ele no segundo.
Secretaria de Comunicação – Samanta Sallum é jornalista e foi assessora de comunicação durante a campanha de Agnelo.
Segurança Pública – Daniel Lorenz de Azevedo, delegado da Polícia Federal estava em Bogotá (COL) e tem especialidade no combate às drogas.
Secretaria de Educação – Regina Vinhaes Gracindo, professora da Universidade de Brasília e conselheira nacional de Educação.
Secretaria de Ação Social – Arlete Sampaio, deputada distrital reeleita, foi vice-governadora no governo Cristovam Buarque.
Secretário de Governo – Paulo Tadeu (PT) foi eleito deputado federal e cumpriu mandato de distrital na última legislatura.
Meio Ambiente – Eduardo Brandão, foi candidato ao governo do DF pelo Partido Verde e declarou apoio a Agnelo no segundo turno.
Secretaria de Turismo – Luís Otávio Neves (PSB) foi indicado pelo senador Rodrigo Rollemberg (PSB), que já foi o titular da pasta e trabalhou com o novo secretário.
Secretaria de Orçamento e Planejamento – Edson Ronaldo Nascimento é o atual secretário-geral da Defensoria Pública Geral da União (DPGU).
Secretaria de Esporte – Célio René Trindade Vieira, presidente da Federação Brasiliense de Karatê.
Secretaria de Fazenda – Valdir Moyses é o atual presidente do INSS, onde está desde 2008, e é auditor-fiscal da Receita Federal.
Secretaria de Publicidade – Abimael Nunes de Carvalho foi um dos coordenadores da transição e participou da campanha de Agnelo. Assumiu o cargo após a divisão da Secretaria de Comunicação.
Secretaria de Transparência – Cláudio Higino Ribeiro Alencar é coordenador de programação e logística da Receita Federal e foi controlador-geral-adjunto da União.
Secretaria do Entorno – Bispo Renato (PR) foi deputado distrital e é do mesmo partido do ex-candidato a vice-governador e adversário político de Agnelo Jofran Frejat (PR).


Classificação Atual       ( 0 ) Dê a sua classificação:      


É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Grupo Comunidade

Home | Contato | Expediente | Anuncie | Receba nossas Publicações

Grupo Comunidade de Comunicação © 2008 | Política de Privacidade | Termos de uso