Cidade

 Enviar matéria por e-mail

Militantes do MLST montam acampamento no Parque

Eles fizeram uma passeata no Distrito Federal, que gerou uma série de congestionamento. Grupo quer debater uma reforma agrária moderna

Tamanho da Fonte     JURANA LOPES
jcosta@jornaldacomunidade.com.br
 Redação Jornal Coletivo

[legenda=Após caminhada, grupo ligado ao MLST montou acampamento no Expo Brasília, no Parque da Cidade, onde fica até sexta-feira][credito=Foto:Sandro Araújo]Cerca de mil pessoas do Movimento de Libertação dos Sem-Terra (MLST) fizeram uma manifestação, nesta manhã, por melhorias na reforma agrária do País. Os militantes saíram do Caic do Núcleo Bandeirante às 6h e seguiram rumo ao Parque de Exposição do Parque da Cidade, o que causou congestionamento na Epia e também deixou o trânsito lento na EPNB. Agora, eles estão acampados no Expo Brasília, no Parque da Cidade, onde permanecem até sexta-feira (9).


Segundo o Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), os pontos de retenção só aconteceram das 7h às 8h, horário em que toda a população segue para o trabalho. Depois desse horário, o trânsito fluiu normalmente. O grupo estava vestindo camiseta do movimento e foi guiado  por um carro de som, além de terem sido escoltados pela polícia ao longo do caminho. Cerca de 20 policiais participaram da escolta.
Segundo Vânia Araújo, coordenadora nacional do MLST, o principal objetivo da marcha é sensibilizar a sociedade e o governo por uma reforma agrária do século 21, voltada para a preservação da natureza. “Hoje, o governo está pensando apenas em exportações e na balança comercial, esquecendo-se que cultivar produtos com agrotóxicos causam vários problemas para a sociedade, além de prejudicar a saúde, o solo e a água que ficam contaminados”, afirmou.


Classificação Atual       ( 1 ) Dê a sua classificação:      


É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Grupo Comunidade

Home | Contato | Expediente | Anuncie | Receba nossas Publicações

Grupo Comunidade de Comunicação © 2008 | Política de Privacidade | Termos de uso